top of page

Você sabe a diferença entre Hidratação, Nutrição e Reconstrução?

Com a infinidade de cremes de tratamento que encontramos hoje no mercado, às vezes pode ser difícil escolher o ideal para cada tipo de cabelo. Hidratação, reconstrução, nutrição, sem falar das composições, que piram a cabeça de qualquer mulher que não entenda um pouco sobre o assunto. Vamos entender a diferença?

Hidratação:

Hidratar consiste em adicionar água, devolver a umidade natural do fio. É realmente um tratamento que todas as madeixas devem receber, algumas precisam de cremes mais potentes, outras nem tanto. É ela que vai te proporcionar maciez, brilho, tirar o frizz e aquele aspecto seco. Pantenol, glicerina, extratos vegetais, aloe vera, silicones e vitaminas comumente são encontrados na composição. Pode ser feita 1 vez por semana para um cabelo normal ou até mais quando se trata de um cabelo danificado.

Nutrição:

Se trata da reposição lipídica do cabelo, ou seja, de óleos. Não se assuste com a palavra “óleo”, todo cabelo precisa dele. Claro, meninas com os fios mais oleosos devem realizar o procedimento com menos frequência e evitar a raíz. Deixa os fios com um aspecto bem mais saudável, devolve vida e movimento às madeixas e deixa aquele aspecto vistoso. É mais potente que a hidratação, por isso deve ser feita com menos frequência,mas fique atenta, quando o cabelo for ficando opaco, “mirradinho”, é hora de uma boa nutrição! As substâncias emolientes e umectantes ajudarão o cabelo a ficar macio e com menos volume, sabe aquele cabelo bom de passar a mão?! Na fórmula podem estar presentes manteiga de karité (ou outras manteigas), óleo de argan, tutano e ceramidas.

Reconstrução:

É o processo mais intenso dos três. Se trata de uma reposição proteica, realmente reconstrói o cabelo danificado. É um tratamento imprescindível para quem faz química, já que a estrutura interna do fio é prejudicada. Se seu cabelo está com quebra, pontas duplas e/ou sem elasticidade, já está mais do que na hora de realizar uma reconstrução, pois significa que a estrutura dos seus fios está fraca, comprometida. Por ser mais forte, deve ser feito de 15 em 15 dias aproximadamente, quando necessário. Pode deixar seu cabelo com o aspecto um pouco “duro”, mas nada que não se resolva com hidratação. Isso acontece porque seu fio tem que recuperar a força e a massa que perdeu com os processos químicos. Normalmente, na fórmula estão presentes substâncias como creatinina, arginina, queratina, cisteína, colágeno e aminoácidos.

Geralmente, as máscaras não possuem somente elementos específicos de cada tratamento, mas aí vale olhar na composição: a ordem é decrescente e os primeiros nomes são os encontrados em maior quantidade.

Então é isso pessoal, vamos manter esses cabelos saudáveis, hein?!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page